Reverência e respeito com seu professor! parte 1

por: Lucas Tuler Borges

Fala__mestre_1

O assunto aqui hoje tratado é de tamanha relevância que eu resolvi o dividir em 2 partes. Educação, respeito, paciência… essas palavras me fazem voltar alguns anos no tempo para relembrar pessoas e atos de fundamental importância na minha vida…não lembro o nome de todos os professores que tive até hoje, mas cada um deles tem sua imagem gravadas em meu cérebro como um lembrete de seus ensinamentos! E se hoje escrevo sobre eles é porque eles foram felizes no que me passaram na sala de aula.

Segundo a tradição japonesa, todos devem reverenciar o imperador, abaixando a cabeça para ele. Todos, menos os professores! Porque sem professor não existiria imperador!

No Brasil ao muito tempo atrás os alunos tinham que se levantar quando o professor entrava na sala de aula e só deveriam sentar quando o professor falasse. Essa filosofia pode até existir em alguma parte do Brasil, acredito que em escolas militares, porém eu confesso que eu nunca vi ou tive que fazer isso diante de ninguém, mas meus pais e a vida me ensinaram que a respeitar os mais velhos e aprender a ouvir para aprender.

Professor no Japão é uma profissão muito respeitada, e para os japoneses o professor é chamado de sensei, ou mestre em português, pois é considerado o sábio, o centrado e orientador das crianças. O Japão tem a exata noção de que o futuro do país depende das crianças, por isso a educação é muito valorizada, rigorosa (acredito que rigor tem limite, mas educa), disciplinada.

E para que tudo isso dê certo na prática, são necessários professores competentes, que passaram por rigorosas seleções, que possuem um alto grau de conhecimento e em compensação são bem remunerados.

significado sensei

E no Brasil não preciso nem dizer como anda a educação… A impressão que dá é que o assunto educação não é prioridade, torna-se secundário em relação às Olimpíadas e Copa do Mundo de futebol!

Por isso, considero os professores brasileiros verdadeiros guerreiros, pois trabalham com amor à profissão, batalham com a falta de recursos e estruturas, sem contar o quesito salarial. Heróis! É a palavra ideal para defini-los.

professor

No Japão, professores são admirados. Quando alguém diz que é professor, ganha a admiração de todos no ato. E no Brasil, quando falam que a sua profissão é a de professor, todos ficam com dó… É uma reação espontânea, que surge automaticamente.

Converso com vários professores universitários japoneses, e eles ficam admirados com o nível de conhecimento dos professores brasileiros, mas não entendem porque é tão difícil atingir educacionalmente 100% da população.

Os japoneses não entendem porque ainda tem um número muito alto de analfabetismo no Brasil. Ficam indignados quando falo que muitas crianças abandonam a escola para trabalhar e assim ajudar no sustento da família. E mesmo assim, quando tornam-se profissionais da educação, possuem currículos invejáveis e uma postura profissional ímpar.

Ninguém vai entender se não morar no Brasil.

Deu para perceber que o Brasil tem excelentes professores mas não os valoriza. Entendi também que a necessidade de investimento e cuidado com a educação do povo brasileiro é uma necessidade primordial, e que deveria estar acima de todas as outras.

reverencia

Segundo o senhor Osamu Iida, ex-presidente da Honda no Brasil, ele mesmo cantou a bola: “o Brasil é um ótimo país, deixou de ser subdesenvolvido há muito tempo, só falta melhorar um item para ser perfeito e continuar crescendo, é melhorar a estrutura educacional das crianças!”. Claro! Afinal, se melhorasse esse item, os benefícios viriam como consequência e a violência cairia e muito.

E na minha opinião o início de tudo seria na valorização do professor. E é um passo tão pequeno, mas tão significativo!

Professores, tanto no Brasil como no Japão, são pessoas que amam o que fazem porque senão não aguentariam o tranco, admiro muito quem tem esse dom, pois eu defino como um dom, a arte de ensinar uma criança. Carga horárias puxadas, folgas sacrificadas, refeições puladas… essa é a rotina do professor brasileiro, japonês, mundial! Por isso admiro tanto essa profissão.

Muitos falam que é difícil tornar-se um médico competente, ou um advogado consagrado, mas se não fosse pelo professor nenhuma dessas profissões seriam desenvolvidas com tamanha maestria e competência.

Por isso que no Japão o professor é reverenciado como um mestre sábio e está num patamar acima de todas as outras profissões.

504382-Mensagens-sobre-professores-para-Facebook-fotos-10

Quero parabenizar a todos os profissionais da área, principalmente os brasileiros, pois admiro-os e considero-os verdadeiros heróis e pode parecer clichê tudo isso que escrevi, mas é a verdade no meu ponto de vista. Sem a pretensão da famosa felicidade utópica, mas com consciência da felicidade real e atingível para todos!

 professor1

About these ads

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s